Saltar para o conteúdo principal da página

Palestra sobre Poesia Camoniana

1ªsessão:

no passado dia 10 de abril, realizou-se, no anfiteatro da Escola Secundária de Madeira Torres, uma palestra sobre poesia camoniana, lírica e épica, proferida pelo poeta, professor, crítico literário e ensaísta António Carlos Cortez, onde participaram as turmas 10º D, F e J. A palestra foi organizada pelas professoras Neuza Duarte e Palmira Galvão, tendo sido uma atividade muito interessante e proveitosa para todos os participantes, sobretudo para os alunos, que gostaram tanto de ouvir o palestrante, que aceitaram a sua sugestão de regressar à nossa escola, para uma segunda sessão, onde concluiria a sua intervenção.

2ªsessão:

teve lugar na manhã do dia 30 de abril, igualmente no período da manhã. Ambas as sessões foram moderadas pelo aluno João Ferreira, auxiliado pela aluna Ana Marta Alves, ambos da turma D do 10ºano. Foram analisados textos de Luís de Camões e houve pertinentes intervenções da parte de discentes, o que tornou a atividade bastante dinâmica. Professores e alunos agradecem a generosidade do professor António Carlos Cortez, que nos deslumbrou a todos com o seu saber, as suas reflexões sobre a Educação e a sua capacidade comunicativa.

Palestra: 25 de Abril - 50 anos - "Poesia, Paz e Liberdade"

 

No passado dia 30 de abril, no período da tarde, realizou-se no anfiteatro da Escola Secundária de Madeira Torres, uma palestra sobre os 50 anos do 25 de abril, no âmbito do DAC da turma 12º G, intitulado "Poesia, Paz e Liberdade", em que estiveram envolvidas as seguintes disciplinas:  Aplicações Informáticas, Ciência Política, Inglês, Português e Psicologia B. Assistiram também à palestra a turma 10ºF,  que demonstrou grande interesse em estar presente, e a turma 7ºG, uma vez que alguns alunos procederam à leitura de pequenos textos sobre a Revolução de Abril. A sessão foi conduzida pelos alunos Francisco Dinis e Inês Ulpiano do 12ºG.

O palestrante, o poeta, professor, crítico literário e ensaísta António Carlos Cortez, começou pela audição de uma música de José Afonso, a que seguiriam outras músicas de intervenção do período em análise, no entanto houve uma falta de eletricidade, pelo que toda a palestra decorreu na penumbra, apenas iluminada por alguma luz que entrava por uma porta lateral. Tal não condicionou o sucesso da atividade, pois todos os alunos demonstraram um comportamento exemplar, tendo permanecido em silêncio e atentos, à medida que o orador discorria sobre as condições em que o país vivia no período da Ditadura, sobre factos históricos relevantes da época e sobre as consequências da Democracia que surgiu da revolução, bem como sobre o estado atual da Educação. No final, houve espaço para questões do auditório, para as leituras dos alunos do 7ºG e para que o aluno Francisco Dinis lesse o poema, em inglês, que escrevera, em conjunto com o colega Tiago Taveira. 

Esta atividade foi extremamente interessante e muito proveitosa para todos os intervenientes, professores e alunos, que demonstraram o seu entusiasmo, não só pelo interesse evidenciado, como também pelos calorosos aplausos que se fizeram ouvir.

A escola agradece a disponibilidade e generosidade do professor António Carlos Cortez, que partilhou o seu saber e contribuiu de forma enriquecedora para a celebração dos 50 anos da Revolução de 25 Abril no nosso Agrupamento.

Destaque