Saltar para o conteúdo principal da página

O projeto “Mãos que dizem, dedos que falam”

emerge de um desafio lançado pelo Município de Torres Vedras aos projetos das escolas participantes da Assembleia Municipal Jovem 2019-21.

Como projeto diferenciador no concelho, visa sensibilizar as crianças do 1º Ciclo do Ensino Básico (1º CEB) para a aprendizagem da língua gestual portuguesa (LGP) aumentando a sua consciência para a aceitação da diferença. 

“Mãos que dizem, dedos que falam” pretende fazer parte da oferta de Atividades Extra-Curriculares existentes nas escolas do 1º ciclo do nosso Agrupamento.

O projeto obteve a aprovação e financiamento por parte da Câmara Municipal de Torres Vedras e tem como missão:

-  capacitar docentes de 1º ciclo e de Educação Inclusiva para o ensino da LGP no 1º ciclo, de forma a contribuir para a eliminação de barreiras linguísticas e culturais entre a comunidade surda e a comunidade ouvinte, reafirmando o caráter inclusivo do nosso Agrupamento;

- promover o Ensino Profissional como uma alternativa de qualidade, capacitando os alunos do curso Profissional de Técnico de Ação Educativa para a aprendizagem de noções básicas de LGP e “Baby Signs”. A língua gestual para bebés já se encontra presente em determinadas entidades de estágio, nas valências de berçário e creche, onde os nossos alunos exercem a sua Formação em Contexto de Trabalho (FCT), pelo que será uma mais-valia para os mesmos.

Visite a exposição patente no espeço do bar da escola Madeira Torres e para mais informações contacte as coordenadoras deste projeto: Isabel Mendes e Kelly Marques.

Acompanhamento da execução do projeto

 Área de Juventude da CMTV - Joana Galvão | Técnica de Juventude/Responsável da Área de Juventude -Divisão de Desenvolvimento Social

 Parceiros

 - Fernando Mendes - Designer “Drella Design” (Parceiro Pro-bono);

 - Rita Manuela Gomes - Instrutora Baby Signs® Portugal | Intérprete de Língua Gestual Portuguesa;

 - Sabla d´Almeida - Diretora do Baby Signs® Portugal.

 

Destaque